Lamber o cu da travesti é uma delícia

Não chupei o cu de muitas, na verdade aos 47 anos – dos quais 33 me relacionando com travestis – chupei 4 ou 5, mas chupei muitas vezes o cuzinho destas que tive maior afinidade. Entendeu? Não vai sair por aí enfiando sua língua em todas, contudo no momento certo vai lamber o cu daquela que  te desperta muito tesão e carinho. Ela vai amar e você vai viver uma experiência inesquecível!

loading...



Lembro de minha amada Joana, amante-travesti que tive por 4 anos. Aprendi com ela que quanto mais você repete relações íntimas com a mesma travesti, mais aumenta o tesão. O sexo passa a ser “fazer amor” e assim comecei a lamber seu cu na posição que ela mais amava: de quatro com a cabeça encostada no travesseiro e a bunda pra cima. Eu Lambi que abria o buraquinho de seu cu metendo minha língua o mais fundo possível! Esta posição ainda permitiu ela colocar seu pau para trás, por conseguinte eu lambia seu cu e chupava seu pau. Isto a deixava receptiva, gemia muito e alto, derramava muito caldinho e ficava pronta para receber pica. Assim, quando eu cavalgava enfiando tudo em seu cu não demorava para ela molhar o lençol numa intensa gozada! Às vezes, eu colocava a mão  para sentir seu gozo saindo quentinho em esporradas fortes. Que delícia só de lembrar meu amor gozando comigo tão gostoso!

Meu amor foi à Itália em 2003 e acabou fixando residência por lá. Foi atrás de novas oportunidades e encontrou. Mantivemos contato por telefone até 2005, mas depois naturalmente a vida de cada um seguiu seu curso, contudo Joana foi a melhor pessoa que me relacionei neste mundo e sempre vou desejar o melhor desta vida pra ela. Saudade!

Encontre sua Joana e dê lambidas apaixonadas em seu cu. Ela vai se apaixonar!

 

Gostei(1)Não gostei(0)

Veja também - See more:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *